Category: Viagens

Conheça 4 lugares que você pode fugir do carnaval no Rio!

Passadas as festas de final de ano, um Réveillon que, para os avessos a grandes festas, felizmente dura apenas uma noite, muita gente começa a se preparar espiritualmente para o Carnaval.

Esta que é a maior festa popular brasileira parece onipresente, não é mesmo? A impressão que temos que, para onde nossa vontade de viajar apontar no Brasil, surgirão blocos carnavalescos através de blocos e até uma tentativas de escolas de samba e aquela cidadezinha simpática será engolida pela folia.

Para quem mora no Rio e não gosta do Carnaval – gosta do feriado mas não da loucura da festa – a tensão é ainda maior. Todos os bairros têm programação carnavalesca, desde alguns blocos diariamente até alguns dias que surgem no meio dos blocos, de tão intensa que é a programação, como o Centro e Ipanema.

Então, como fazer para curtir dias do maior feriadão do ano e longa da Festa de Momo? Pela minha experiência, selecionei 4 lugares que você pode fugir do carnaval no Rio e se divertir muito!

01 – Morro de São Paulo (Bahia)

Este pedaço de paraíso na terra fica a 250 quilômetros de Salvador e reúne uma natureza exuberante com tranquilidade de quem se refugia das grandes folias.

Bom ressaltar que o acesso à Morro é feito apenas por catamarã (espécie de embarcação) e avião. E vale a pena o esforço.

Morro de São Paulo é um vilarejo pequeno, tranquilo e atende tanto casais quanto famílias para apreciar tantas belezas naturais sem pressa e podendo descansar. Um dos maiores trunfos de Morro é não ter tráfego de carros nas suas duas ruas.

Então a grande pedido o sol, o mar azul esverdeado e caminhar bastante.

02 – Petrópolis (Rio de Janeiro)

A Cidade Imperial, como Petrópolis é conhecida, fica a pouco mais de uma hora de carro da capital fluminense e é sempre um destino tranquilo e interessante para estar.

Como se trata de uma cidade tranquila em uma área ocupada bem maior que a maioria das cidades bucólicas, ela oferece inúmeras opções de hospedagem, gastronomia, belezas naturais e principalmente muita história e cultura.

Nela estão prédios como o Museu Imperial, o Centro Histórico, a Casa de Santos Dumont, os palácios de Cristal e Quitandinha e outras atrações. Você também pode se hospedar em distritos próximos, ainda mais tranquilos, como Itaipava e Posse.

03 – Angra dos Reis (Rio de Janeiro)

Localizado no Sul Fluminense, Angra é nacionalmente conhecida por muitas belezas naturais, praias belíssimas e muitas ilhas, que podem ser visitas em passeios contratados de barco, que duram quase um dia inteiro e revelam muitas surpresas.

As águas são cristalinas e convidam ao mergulho. As praias Brava e Amendoeiras são as mais procuradas, ideais para mergulhos e adeptos de surfe.

Mas Angra também é história e cultura, o Centro Histórico da cidade é uma viagem em séculos da região, além das construções preservadas. E as noites são quentes e frescas, convidativas à gastronomia sem pressa.

04 – Visconde de Mauá (Rio de Janeiro)

Uma maravilha de tranquilidade, cerca do verde mais exuberante a 1200 metros de altitude, isolada de todo o movimento. Assim é a charmosa Visconde de Maua, ou simplesmente Mauá para os íntimos.

Para quem procura uma cidade tranquila, muitos passeios naturais e nenhuma pressa, Visconde de Maua é perfeita. E ainda reúne dois vilarejos, Maromba e Maringá, podemos encontrar mais gastronomia típica da serra e um ar de vida hippie, que desacelera ainda mais o nosso ritmo.

Não perca uma das dezenas de cachoeiras, piscinas naturais e picos, tudo de água cristalina, com dias quentes e noites agradáveis para casais curtirem o romantismo da serra e também para famílias.

E as opções de hospedagem são ótimas! Então, se você não gosta de pular Carnaval, Visconde de Maua é um lugar fantástico com muita natureza e tranquilidade.

 

Conheça as mais belas praias do Rio de janeiro!

O Rio de Janeiro é um mosaico de belíssimas atrações turísticas naturais e culturais que poucas cidades no mundo tem.

Uma localização entre o mar e a montanha, recebendo o melhor dos dois climas, um povo sempre hospitaleiro e uma vida noturna movimentada e para todos os gostos.

Morar no Rio de Janeiro é, sem dúvida, uma maravilhosa experiência, e quando pensamos nas maiores da cidade – as suas praias – podemos ter mais certeza disso!

São praias de todos os tamanhos e estilos, que agradam tanto os turistas quanto os moradores das Zonas Sul e Oeste (onde estão concentradas) e outras regiões, e todos lotam sus areias nos dias quentes do verão carioca.

Vamos falar das mais belas praias do Rio de janeiro. Eu garanto, não é um exercício fácil, porque o que não falta é beleza!

01 – Praia de Ipanema (Zona Sul)

Praia no Rio de Janeiro é muito mais do que as águas mornas, a areia fina e os muitos encantos em volta para admirar – e só esses fatores já seriam suficientes. Mas estar numa praia carioca é uma experiência social e cultural. E Ipanema é a melhor mostra disso.

É a praia mais democrática em estilos e todos convivem em harmonia. Podemos encontrar famílias e crianças convivendo com o pessoal das academias, brasileiros e estrangeiros, quem quer apenas curtir o sol sem pressa e a turma da paquera.

A Praia de Ipanema divide com Copacabana um dos mais belos pontos de admiração da orla carioca, a Pedra do Arpoador, de onde se tem a visão das duas praias em longa distância

02 – Prainha (Zona Oeste)

As praias da Zona Oeste, com exceção da Barra da Tijuca, são muito menos exploradas do que as da Zona Sul. É possível encontrar faixas quase selvagens, mas que vale todo o esforço.

A Prainha é uma delas. Muito pequena – menos de 200 metros de extensão – sem acesso por transporte público, apenas dois quiosques e poucas vagas para carros. Parece um programa radical? Mas por isso que Prainha vale a pena.

Com tudo isso, ainda é um dos paraísos de surfistas na cidade, o que dá aquele charme de humano com natureza que só as praias remotas ainda pode proporcionar!

03 – Praia da Barra da Tijuca (Zona Oeste)

É uma praia imensa – 18 quilômetros de extensão – com um mar esverdeado e areias claras, em uma faixa de areia bastante larga, recebendo muitas pessoas todos os dias.

Ela tem trechos urbanizados e com hotéis de luxo na orla, muitos bares e restaurantes para descontrair no final de tarde. Também tem áreas mais desertas.

Com trechos de ondas fortes, ela atrai os surfistas mas não deixa de ser uma praia para todos os gostos. Com exceção de quem mora no bairro do mesmo nome ou no bairro vizinho do Recreio, prepare-se para uma viagem, já que é distante da Zona Sul e das demais regiões.

04 – Praia do Leblon (Zona Sul)

Certamente a praia mais charmosa da Zona Sul carioca, a Praia do Leblon fica na continuação da Praia de Ipanema no sentido da Zona Oeste, mas ainda bem distante.

Podemos dizer que ela reúne todos os lados bons das demais praias: belíssima com sua faixa estreita de areia e com um movimento muito tranquilo e com muitos turistas nos hoteis da região, e também perfeita para famílias.

O entorno dela concentra vários bares e restaurantes ótimos, e possui uma pista de ciclismo muito disputada. Os quiosques são perfeitamente integrados à paisagem e, assim como Ipanema e Copacabana, as pistas próximas da areia são fechadas nos fins de semana para o lazer.

Na minha opinião a praia do Leblon é mais bonita, por isso eu não perco meu tempo e já estou pesquisando alguns apartamentos Leblon para me mudar.