A Moda é, ao lado da Música – e muitas vezes juntas – as formas de expressão que mais influenciam as sociedades.

Porém na Moda, diversos movimentos surgem e desaparecem ditando tendências de como as pessoas irão se vestir nos próximos meses, anos ou até mesmo para sempre.

A Religião descobre a Moda como meio de expressão

A prova da força da Moda como agregadora e veículo de todas as demais expressões, sociais e culturais, é a tendência cada vez maior da Religião nas roupas, acessórios e criando um novo estilo, totalmente próprio.

Milhões de pessoas católicas e evangélicas praticam suas religiões em um nível de envolvimento muito maior, e querem ser se sentir representadas por uma moda que representem valores mais profundos e que não encontram espaço na moda atual.

E como sempre, em todo movimento cultural pop, os jovens lideram mais uma grande mudança. Moda e religião se unem cada vez mais pelas mãos deles.

A moda religiosa é a nova tendência entre os jovens. Vamos falar um pouco dela.

Moda Evangélica

Os evangélicos, há muito tempo, desejam ser representados na moda em roupas e acessórios.

A Moda Evangélica surgiu olhando para o grande potencial deste mercado, principalmente em uma característica que tem muito a ver com um de seus valores: a fidelidade, à marcas e produtos que realmente traduzam todos os símbolos e valores que são propagadas por este segmento religioso.

O mercado evangélico cresce a cada ano

E o mercado tem alto potencial para investimentos. Nos últimos 10 anos, o país vê a parcela evangélica crescer continuamente dentro dos 86% de cristãos declarados no Brasil e já são 22% deles.

É uma população presente em todas as localidades brasileiras e classes socioeconômicas, em que pese estar muito mais concentrada até a classe C, e com um grande poder de compra para produtos que a faça sentir representada.

Quais as características da Moda Evangélica

Roupas mais comportadas, com peças de comprimentos maiores, uma modelagem básica – sem muitos recortes, decotes e fendas – e com pouca informação de moda – sem excesso de imagens e cores que saiam da natureza religiosa.

Com o tempo, e principalmente com crescimento vertiginoso da Música Evangélica, com artistas em nível de super stars, a indústria se permitiu mais ousadas, em cores e novas modelagens, sempre com os cuidados para que as mudanças não entrem em conflito com os setores mais tradicionais.

Os jovens têm sido fundamentais nestas mudanças de rota, convivendo com diversas outras culturas e a maioria já nasceu com uma representatividade grande e um ambiente de convivência religiosa. Eles querem ver a religião em suas roupas, mas sem fundamentalismos.

Com isso, hoje existe uma diversidade maior de cores e de cortes em saias e blusas, estilos mais modernos em camisetas e modelagens mais suaves em vestidos.

Moda Católica

Apesar dos católicos ainda serem maioria dentro da população cristão brasileira, o fenômeno da Moda Católica também é bastante recente.

Podemos dizer que isto se deve, principalmente, ao fato de que os cristãos, na sua maioria, não rejeitam a Moda da forma como ela se apresenta há décadas.

Não podemos falar de mais tolerância com a moda não-religiosa, mas talvez de um processo onde, por anos, a Televisão (principalmente com as novelas), o Cinema e o Música diluíram-se bastante na vida dos católicos.

A simbologia é marcante na Moda Católica

A Moda Católica, pela própria característica da religião, também tem como traço marcante o uso de imagens sacras e diversos símbolos em camisetas, casacos e blusas. É a forma mais presente da moda no dia a dia.

Existem diversas confecções de vestidos com padronagens religiosas e os acessórios são um nicho com potencial na Moda Católica – cordões com escapulários e pulseiras com pequenas imagens sacras

A Música também tem um papel relevante para o surgimento de novas comunidades jovens católicas e a projeção das existentes, reforçando a identidade delas e favorecendo o mercado da Moda Católica.

 

Gostou dessas informações? Se interessou pela moda religiosa? Então confira mais em camiseta fé.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *