Esta é uma das mais antigas discussões desde que os relacionamentos ganharam as discussões em revistas, programas de TV e há anos, a internet com as gigantescas torcidas pró e contra: qual o melhor para se relacionar, o homem mais velho ou o homem mais novo?

Em numa sociedade cada vez mais estimulada pelas possibilidades de relacionamentos através de sites e aplicativos e as inovações tecnológicas dando mais qualidade de vida a pessoas de todas as idades, fica mais complexo fazer uma escolha.

Vamos falar um pouco das características e possibilidades de cada um para que você entenda a diferença entre homem mais velho e homem mais novo e escolha com qual se relacionar.

Importante lembrar que as situações que abordamos são baseadas no comportamento predominante entre homens velhos e jovens.

Evidentemente, existirão muitas exceções. E como um homem não é um produto de prateleira, certamente por isso é tão complicado escolher. Mas a graça está no que é fácil decidir?

Estabilidade Financeira

Via de regra, os homens mais velhos já atingiram um patamar de conforto financeiro – uma vida com uma renda e bens que permite viver com mais plenitude.

Costumam ter mais habilidade para controlar as finanças domésticas e investir. Por outro lado, muitos estão chegando na aposentadoria e, salvo honrosas exceções, terão de lidar com a queda no padrão de vida.

Já os homens mais jovens estão vivendo os desafios do controle do dinheiro com tantos estímulos de lazer e consumo, o que pode tornar difícil manter a parte deles em seus relacionamentos.

Em contrapartida, estão em plena corrida profissional, com possibilidades e ganhos crescentes – porém, em um mundo globalizado, muitas oportunidades surgem em outras cidades ou países, fundamentais para a vivência.

Trabalho

A relação com o trabalho muda completamente conforme o homem vai amadurecendo. Para os mais velhos, existe a sabedoria adquirida para saber o momento de enquadrar a carreira em relação à vida social.

Isto tende a ser benéfico para o relacionamento. Porém, o trabalho é o maior pilar na vida de um homem, é preciso que ele esteja bem resolvido com sua carreira na maturidade – trabalhando com prazer e qualidade ou aposentado com segurança – para se dedicar bem às relações.

Já o homem mais novo está em busca de espaço e afirmação, o que pode comprometer um relacionamento, principalmente se for um negócio próprio.

Vivência de relacionamentos

Este item pesa favoravelmente para os homens mais velhos: experiências, lições aprendidas e relações seguintes melhores. Bom, esta é a teoria, mas felizmente a maioria tem esse crescimento.

Um ponto negativo são as resoluções: nunca mais isso ou nunca mais aquilo. Isso é nocivo para uma nova relação, pois ela passará necessariamente pelas mesmas situações e não trazer resultados ruins.

Os homens mais jovens são ainda impulsivos e com pouca paciência para resolver questões – até mesmo aquelas que eles criam. Muitas vezes a relação fica em uma linha tênue, dependendo do grau de maturidade que ambos vão adquirindo.

Paternidade

Se já é um fantasma para muitas mulheres, envolvidas com a carreira e receosas do próprio papel na maternidade, imaginem para os homens.

Os homens mais velhos tendem a ser ótimos pais, se tiverem a disposição física e principalmente se já viveram isso em outras relações. Por outro lado, precisam exercitar o diálogo e a tolerância com os filhos, e a experiência de vida pode ser um muro.

Já os homens mais jovens normalmente evitam a paternidade ao máximo, envolvidos em carreira e nos prazeres da vida sem choro no quarto do lado. Mas quando querem, podem ser ótimos pais também, com o vigor e o aprendizado constante.

Sexo

O eterno duelo juventude x experiência, que na prática desmonta as teorias.

Homens maduros podem ter a juventude com os cuidados maiores com a saúde e mais qualidade de vida ao longo dos anos. Se têm a experiência para uma noite de sexo duradoura e de qualidade, muitas vezes existe num certo ar professoral, cobrando desempenho da parceira mas segundo as suas regras.

Se para os jovens a potência é a grande arma, em muitos falta conhecer os atalhos que levam as mulheres ao prazer. Estão aprendendo enquanto praticam, e se isso pode ser um complicador, pode ser benéfico nas relações onde ambos estão em igualdade e podem descobrir tudo juntos – e quem não gosta de uma noite Lagoa Azul?

 

Nenhuma conclusão? Sim, mas muitas direções para você espelhar algumas das suas relações e expectativas. E se você já escolheu o seu tipo de parceiro veja essas dicas de como conquistar um homem.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *