Na nossa eterna luta com os quilos a mais, que tanto nos incomodam após as festas de fim de ano e naquele momento de ir para a praia ou a piscina, diversas alternativas vão surgindo, apostando em soluções rápidas e animando milhões de mulheres.

Todo momento ouvimos a dieta restritiva de algum elemento – e sabemos bem que uma alimentação saudável e equilibrada depende de consumirmos todos os nutrientes, em quantidades seguras.

Nosso organismo depende desta construção: dietas restritivas de carboidratos, de proteínas e até mesmo de gorduras podem gerar efeitos colaterais graves.

Ou seja, não existe solução mágica. Algumas soluções oferecem posturas parciais, como as dietas de sopas e sucos.

Como substituição dos jantares, elas podem ter vantagens. Será que têm a eficiência que nós imaginamos? Substituir o jantar por sopas e sucos realmente funciona?

Como funciona a Dieta de Sopas?

Basicamente, é a substituição dos almoços e dos jantares por sopas, tanto as feitas em casa (de preferência) quanto as compradas. O prazo da dieta é de 7 dias.

Além das sopas, é permitido consumir frutas e diversos líquidos, como café, sucos naturais e chás.

Quais as vantagens da Dieta de Sopas?

Os defensores desta dieta afirmam que ela é um método de perda de peso de uma forma nutritiva que:

  • Combate o colesterol ruim;
  • Acelera o metabolismo, promovendo a queima maior de calorias;
  • Melhora o funcionamento do intestino;
  • Promove o aumento da saciedade – que ajuda a inferir quantidades menores de alimento.

Com esses benefícios, e sabendo que sopas são realmente um alimento rico em nutrientes, principalmente se forem feitas em casa, podemos dizer que essa dieta não terá efeitos colaterais graves em um espaço tão curto de tempo.

E quais as desvantagens da Dieta de Sopas?

Estudando mais a fundo, podemos encontrar efeitos indesejados grandes quando adotamos esta dieta, mesmo por um prazo tão curto.

Baixo valor calórico

Esta dieta tem poucas calorias, o que representa um risco para o funcionamento do organismo para as atividades diárias, com a pouca energia que é gerada.

E quando o organismo sente que está ingerindo pouca caloria, ele começa a roubar energia de partes do corpo de onde ele consegue pegar para alimentar as células de órgãos e tecidos.

Você elimina mais água e músculos

Existirá um gasto básico de gorduras, mas o organismo, precisando transformar calorias em energia e sentindo que o consumo de calorias caiu bastante, vai buscar onde é mais fácil: na massa magra, nos músculos.

A gordura mais espessa – a que mais desejamos eliminar – continuará intacta, porque somente os exercícios físicos conseguem derrete-la. Por outro lado, você não terá energia suficiente por causa da dieta para se exercitar. Esse é o ciclo: perda de água, músculos e alguma gordura. E falta de energia.

É uma dieta pobre em nutrientes essenciais

A dieta demoniza os carboidratos e proteínas, mas eles juntamente com as vitaminas, minerais e alguns tipos de gordura, compõem a alimentação realmente saudável.

O consumo de todos esses elementos, sem exagero, provocam o funcionamento de todos os processos orgânicos, além de garantir cabelos, olhos e pele saudáveis. Além disso, você pode combinar com um suplemento natural de apoio como o seca barriga que auxilia na perda de peso.

Cuidado com as sopas industrializadas!

Essas sopas tem alto índice de sódio, que em grandes quantidades no corpo promove o aumento da pressão arterial e favorece a retenção de líquidos – que é uma das causas da barriga volumosa que podemos ter!

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *