Passadas as festas de final de ano, um Réveillon que, para os avessos a grandes festas, felizmente dura apenas uma noite, muita gente começa a se preparar espiritualmente para o Carnaval.

Esta que é a maior festa popular brasileira parece onipresente, não é mesmo? A impressão que temos que, para onde nossa vontade de viajar apontar no Brasil, surgirão blocos carnavalescos através de blocos e até uma tentativas de escolas de samba e aquela cidadezinha simpática será engolida pela folia.

Para quem mora no Rio e não gosta do Carnaval – gosta do feriado mas não da loucura da festa – a tensão é ainda maior. Todos os bairros têm programação carnavalesca, desde alguns blocos diariamente até alguns dias que surgem no meio dos blocos, de tão intensa que é a programação, como o Centro e Ipanema.

Então, como fazer para curtir dias do maior feriadão do ano e longa da Festa de Momo? Pela minha experiência, selecionei 4 lugares que você pode fugir do carnaval no Rio e se divertir muito!

01 – Morro de São Paulo (Bahia)

Este pedaço de paraíso na terra fica a 250 quilômetros de Salvador e reúne uma natureza exuberante com tranquilidade de quem se refugia das grandes folias.

Bom ressaltar que o acesso à Morro é feito apenas por catamarã (espécie de embarcação) e avião. E vale a pena o esforço.

Morro de São Paulo é um vilarejo pequeno, tranquilo e atende tanto casais quanto famílias para apreciar tantas belezas naturais sem pressa e podendo descansar. Um dos maiores trunfos de Morro é não ter tráfego de carros nas suas duas ruas.

Então a grande pedido o sol, o mar azul esverdeado e caminhar bastante.

02 – Petrópolis (Rio de Janeiro)

A Cidade Imperial, como Petrópolis é conhecida, fica a pouco mais de uma hora de carro da capital fluminense e é sempre um destino tranquilo e interessante para estar.

Como se trata de uma cidade tranquila em uma área ocupada bem maior que a maioria das cidades bucólicas, ela oferece inúmeras opções de hospedagem, gastronomia, belezas naturais e principalmente muita história e cultura.

Nela estão prédios como o Museu Imperial, o Centro Histórico, a Casa de Santos Dumont, os palácios de Cristal e Quitandinha e outras atrações. Você também pode se hospedar em distritos próximos, ainda mais tranquilos, como Itaipava e Posse.

03 – Angra dos Reis (Rio de Janeiro)

Localizado no Sul Fluminense, Angra é nacionalmente conhecida por muitas belezas naturais, praias belíssimas e muitas ilhas, que podem ser visitas em passeios contratados de barco, que duram quase um dia inteiro e revelam muitas surpresas.

As águas são cristalinas e convidam ao mergulho. As praias Brava e Amendoeiras são as mais procuradas, ideais para mergulhos e adeptos de surfe.

Mas Angra também é história e cultura, o Centro Histórico da cidade é uma viagem em séculos da região, além das construções preservadas. E as noites são quentes e frescas, convidativas à gastronomia sem pressa.

04 – Visconde de Mauá (Rio de Janeiro)

Uma maravilha de tranquilidade, cerca do verde mais exuberante a 1200 metros de altitude, isolada de todo o movimento. Assim é a charmosa Visconde de Maua, ou simplesmente Mauá para os íntimos.

Para quem procura uma cidade tranquila, muitos passeios naturais e nenhuma pressa, Visconde de Maua é perfeita. E ainda reúne dois vilarejos, Maromba e Maringá, podemos encontrar mais gastronomia típica da serra e um ar de vida hippie, que desacelera ainda mais o nosso ritmo.

Não perca uma das dezenas de cachoeiras, piscinas naturais e picos, tudo de água cristalina, com dias quentes e noites agradáveis para casais curtirem o romantismo da serra e também para famílias.

E as opções de hospedagem são ótimas! Então, se você não gosta de pular Carnaval, Visconde de Maua é um lugar fantástico com muita natureza e tranquilidade.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *